FAQ

Qual é a diferença entre o Genacol® e os produtos que contêm colágeno do tipo II?

O Genacol® é, acima de tudo, uma matriz de colágeno elaborada pelo uso da Tecnologia Sequencial AminoLock® desenvolvida pela Genacol Canada Corporation Inc. Nossa fórmula inclui um complexo de diversas sequências de aminoácidos que oferecem um eficaz apoio nutricional para regenerar o organismo como um todo, tornando-o mais completo em comparação com outros produtos que utilizam somente o colágeno de tipo II.

Por que se sugere tomar o Genacol® no momento de ir para a cama?

Sugere-se a ingestão do Genacol® antes de dormir porque é durante a fase Alfa do sono que o corpo mais se regenera. Neste momento preciso, o organismo busca os nutrientes necessários à sua regeneração. Se forem dados ao organismo os nutrientes essenciais contidos no Genacol®, no momento em que a pessoa vai se deitar, o corpo estará em condições de fazer uma ótima utilização do mesmo. Se por um lado é melhor ingerir o Genacol® à noite, certas circunstâncias podem tornar esse procedimento impossível. Neste caso, é preferível tomá-lo pela manhã, cerca de 30 minutos antes do café da manhã.

Qual é a dosagem ideal?

Pode-se começar com três cápsulas por dia numa dose única na hora de dormir. Para pessoas que sofrem de dor persistente, os resultados do Genacol® podem ser otimizados após algumas semanas dobrando-se a dose para seis cápsulas por dia, três ao ir para a cama e três pela manhã – 30 minutos antes do café.
Precaução: Para pessoas que tomam medicamento pela manhã ou à noite, é preferível espaçar por duas horas entre a ingestão do Genacol® e qualquer outra medicação.

Qual é o significado do termo "Tecnologia Sequencial AminoLock®"?

A Tecnologia Sequencial AminoLock® gera um concentrado de sequências de aminoácidos através de um princípio seletivo. Este procedimento é uma abordagem exclusiva elaborada pela nossa Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento; consiste num aumento dos amino peptídeos de colágeno de acordo com os mais elevados padrões de fabricação biotecnológicos. Tal procedimento oferece um excelente suporte nutricional para compensar a diminuição de colágeno causada pelo processo de envelhecimento natural. Além disso, este processo faz do Genacol® o único produto disponível com esta concentração de aminoácidos.

Como saber se o meu Genacol® é original?

Por que devemos beber pelo menos 1,5 a 2 litros de água ao dia com o Genacol®?

A água representa 75% da composição do corpo humano e o colágeno contribui para manter a água dentro do organismo. Consequentemente, água e colágeno são essenciais à vida. A água precisa ser renovada constantemente, uma vez que o corpo elimina mais de 2500 ml por dia. A desidratação prolongada pode levar à disfunção física, inclusive problemas de saúde mais graves. Sem água, as células se asfixiariam com seus próprios dejetos. Assim, a água é indispensável ao organismo humano e, segundo as pesquisas disponíveis, deve-se beber cerca de 1,5 litro de água por dia.

Por quanto tempo deve-se tomar o Genacol®?

Sugerimos que se tomem três cápsulas de Genacol® diariamente, preferencialmente antes de dormir, por até seis meses. Ao fim deste período, deve-se determinar a dose de manutenção que seja mais adequada à pessoa. Em casos de doenças degenerativas, aconselha-se a tomar Genacol® continuamente a fim de manter os efeitos benéficos e evitar a dor associada a estas doenças ou à degeneração.

Posso dar Genacol® ao meu bicho de estimação?

De fato, é possível dar Genacol® aos animais. Deve-se dar uma cápsula para cada 20 kilos de peso, diariamente ao animal de estimação. A fim de obter resultados excelentes, abra a cápsula e dê o pó ao animal entre as refeições (isto é, quando estiver de estômago vazio). Basta colocar o pó numa superfície seca e limpa. Os animais em geral adoram o produto! Não há perigo de ocorrer uma overdose de colágeno ao bicho pois o corpo naturalmente elimina o excesso.

Em que outros casos pode-se tomar Genacol®?

Considerando-se que o corpo produz menos colágeno devido ao envelhecimento, qualquer adulto pode beneficiar-se com este produto. O Genacol® fornece um suporte nutricional para pessoas que sofrem de artrite, osteoartrite e fibromialgia. Também oferece nutrientes essenciais à pessoas que sofrem de tendinite, bursite, hérnia, síndrome do túnel de carpo, bem como a quem deseja melhorar o aspecto estético de sua pele. Em suma, Genacol® oferece excelentes nutrientes para sustentar o corpo em casos de dor nas juntas e músculos, bem como para ajudar a umedecer e tonificar a pele.

O Genacol® é facilmente assimilado pelo organismo?

Sim, com certeza. Graças a um procedimento enzimático e a Tecnologia Sequencial AminoLock®, que reduz o peso molecular, o Genacol® proporciona uma assimilação intestinal ainda mais eficiente.

Quem deve tomar Genacol®?

Considerando-se que o corpo produz menos colágeno devido ao envelhecimento, qualquer adulto pode se beneficiar com o uso de Genacol®.

Uma pessoa com diabetes pode tomar o Genacol®?

Ao contrário da glucosamina, o Genacol® é uma proteína; portanto, não se espera que afete o nível de glicose no corpo de alguém. As proteínas não interferem no nível de açúcar no sangue. Pode-se utilizar este produto com segurança sem qualquer receio, mediante a orientação de um profissional de saúde. Por isso, pessoas que sofram de diabetes podem beneficiar-se integralmente com o Genacol®.

É possível tomar o Genacol® mesmo que se tenha um estômago frágil?

Sim, não há contraindicação à ingestão do Genacol® em pessoas com um estômago sensível. Para facilitar a digestão, pode-se remover a cápsula e apenas ingerir o colágeno em pó.

Há algum problema de saúde perante o qual não se recomenda tomar o Genacol®?

Os produtos com colágeno são geralmente reconhecidos como sendo seguros.

Gravidez e amamentação no peito: Recomendamos obter orientação médica, pois as informações disponíveis no momento não são suficientes com relação ao uso de colágeno durante a gravidez e a amamentação. Segundo o Ministério da Saúde do Canadá, os fabricantes de produtos naturais não estão autorizados a dar declarações sobre o assunto.

Qual a diferença entre o colágeno e a glucosamina nas articulações?

A cartilagem tem 67% de colágeno em contraposição à glucosamina, que tem apenas 1%. A glucosamina é um amino açúcar, contrário ao colágeno que é uma molécula complexa que contem aminoácidos. A glucosamina só é encontrada em proporção significativa no fluido sinovial. O colágeno também é encontrado no fluido sinovial, mas em quantidades maiores que a glucosamina uma vez que se trata de uma proteína estrutural e é mais abundante no corpo. A glucosamina age mais como lubrificante nas juntas, enquanto que o colágeno contribui para a regeneração global das juntas em todos os âmbitos: tendões, ligamentos, cartilagens, músculos, membranas e fluido sinovial.

Pode-se tomar Genacol® com outros remédios ou suplementos?

Não se conhece nenhuma interação medicamentosa com a ingestão de Genacol®. Nosso produto é, acima de tudo, um complexo protéico concentrado que também é considerado um suplemento nutricional. Contudo, por medida de precaução, é sempre preferível que se aguarde duas horas entre uma medicação e o uso de qualquer produto natural.

De quantos aminoácidos dispõe o Genacol®?

O Genacol® tem todos os aminoácidos em sua fórmula, exceto um deles (o triptofano). Cada cápsula contém 400 mg de 100% de colágeno puro em sua matriz sem qualquer agente de preenchimento, o que torna o Genacol® um dos mais completos suplementos existentes no mercado.

De onde provêm os aminoácidos contidos no Genacol®?

Os aminoácidos utilizados na produção do Genacol® vêm do colágeno bovino brasileiro criado sem hormônios e de pasto livre, sem agrotóxicos. Estes aminoácidos recebem certificação pelas autoridades do Canadá e do Brasil, entre elas o Ministério da Saúde, para que atendam os mais elevados padrões nutricionais e farmacêuticos. A Genacol Canada Corporation Inc., através de sua Tecnologia Sequencial AminoLock®, utiliza somente fragmentos de aminoácidos provenientes desta proteína de colágeno. Durante o processo de fabricação e extração, esta proteína não tem qualquer contato direto com os órgãos ou sangue do animal. Além disso, não se origina de países tais como Inglaterra e Irlanda, onde foram identificados casos de BSE (encefalopatia espongiforme bovina ou doença da vaca louca).
Cada lote passa por análise rigorosa e em profundidade num laboratório independente, confirmando deste modo que se trata de um produto absolutamente seguro.

Assine nossa newsletter

Receba novidades, lançamentos e promoções exclusivas no seu e-mail. 🙂